top of page

As mulheres na literatura: as lutas e conquistas das escritoras do passado

Sabia que antigamente as escritoras tinham que usar pseudônimos masculinos para serem publicadas? Parece loucura, né? Mas infelizmente era a realidade da época.

Vou explicar para você o porquê disso ter acontecido


👉 Naquela época, a sociedade considerava que o papel das mulheres era o cuidado do lar e dos filhos, e não havia muitas oportunidades para elas na vida pública, incluindo na literatura.


👉 Então, quando uma mulher escrevia um livro, o público acreditava que não seria tão bom quanto se um homem escrevesse. O preconceito era enorme, e muitas vezes a obra não era sequer lida.


👉 Com isso, muitas escritoras optavam por usar pseudônimos masculinos para evitar preconceitos e conseguir ter suas obras publicadas. Um exemplo famoso é o das irmãs Brontë, que usavam os nomes masculinos Currer, Ellis e Acton Bell.


👉 Além disso, muitas vezes o uso de um pseudônimo masculino era uma questão de sobrevivência financeira. A escrita era uma das poucas maneiras de as mulheres ganharem dinheiro, e sem serem publicadas, elas não poderiam sustentar a si mesmas ou suas famílias.


👉 Felizmente, as coisas mudaram bastante desde então. As mulheres têm mais oportunidades na literatura e são muito bem sucedidas, sem precisar se esconder atrás de um pseudônimo masculino.


Joanne Kathleen Rowling, a autora de "Harry Potter"

Joanne Kathleen Rowling, a autora de "Harry Potter", é uma das maiores escritoras de ficção de todos os tempos. No entanto, sua jornada para o sucesso foi marcada por obstáculos impostos pelo preconceito de gênero na indústria editorial.


Quando J.K. Rowling apresentou seu manuscrito à editora, a sugestão de que ela usasse um nome masculino para assinar o livro foi feita. Acreditava-se que o público não se interessaria por um livro infantil escrito por uma mulher. Com isso, a autora decidiu usar suas iniciais para esconder seu gênero.


No entanto, J.K. Rowling não se deixou abalar pelo preconceito. Ela persistiu e continuou escrevendo, e seu talento foi reconhecido em todo o mundo.


Sua história inspira muitas mulheres a não desistirem de seus sonhos, mesmo quando o sistema parece estar contra elas. Hoje, J.K. Rowling é um exemplo de sucesso e superação na literatura.


 

Espero que tenha gostado de saber um pouquinho mais sobre a história das escritoras e suas lutas para serem reconhecidas. Vamos continuar lutando pela igualdade de gênero em todos os campos! 💪


32 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page